sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Estudos cientificos...

... demonstram que o chocolate faz encolher os pés, conforme se pode observar na foto seguinte:



As senhoras da foto que me perdoem mas (nunca pensei um dia dizer isto) NÃO ME CAIAM EM CIMA!!!

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Trabalhos de casa

Quando estamos muito tempo em casa e não sabemos que fazer (não vou fazer um trocadilho com a música dos Mata Ratos) há uma solução! Inventem! Foi o que eu e a Gaja fizemos nestas férias de verão e o resultado foi este:





Se precisarem de aspirantes a decoradores de interiores chamem o pessoal do R/chão Esquerdo.

Venda de garagem


Tinha eu 10 ou 11 anitos quando recebi o meu primeiro computador. O PC1 da Olivetti, coisa mais linda! É um "vintage computer" de 1988 ainda a funcionar pois testei-o no outro dia e quando o vi ligar quase que me vieram as lágrimas aos olhos... tantas noites sem dormir... Mas como não sou daquelas pessoas de ficar agarrado ao passado, vendo este computador apenas e só a coleccionadores com um "C" maíusculo lol. Interessandos façam as vossas propostas e um documento assinado onde se comprometem a tratar bem o "meu menino". Também tenho um telefone antigo, também de 1980 e qualquer coisa, preto, marcação por discagem, se houver interessados digam que eu coloco fotos.


segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Hipocondríaco

Hipocondríaco... é aquele tipo que vai ao médico e diz: "-Doutor, a minha mulher traiu-me há uma semana e ainda não me apareceram os cornos. Será falta de cálcio?" lol

sábado, 14 de novembro de 2009

Calem-se! Agora Quem Canta Sou EU! - 2

Eu sou tão amigo dos clientes deste blogue que hoje proporciono-lhes um karalhoc, uma boa música/banda e ainda por cima uma "jeitosa"! Quem é amigo, quem é?

video

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Última hora!

Após horas de investigação o R/Chão Esquerdo pode adiantar em exclusivo quem vai ser o novo treinador do Sporting.

O novo treinador do Sporting vai ser José Saramago pois segundo fontes fidedignas "é o único capaz de fazer frente a Jesus!" lol

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Esmiúça-muuzz!!

É impressão minha ou desde que os Gato Fedorento lançaram o “Esmiúça os Sufrágios” a palavra “esmiuçar” passou a fazer parte do dicionário da língua Portuguesa? Os profissionais do jornalismo não sabiam que essa palavra existia? Será a lacuna de vocabulário assim tão grande? É que antes lia a palavra esmiuçar uma ou duas vezes por ano, agora abro diariamente o Correio da Manhã e encontro a dita, recebo a Deco Proteste e vem lá a dita, vejo os telejornais e a palavra é utilizada… Como este blogue gosta de andar na moda, só vos digo uma coisa… Esmiúcem-mos!!

Pensando bem até é uma boa palavra de engate do tipo “Ó filha és tão jeitosa, esmiuçava-te toda!!” ou para ofender alguém do género”Ó pá não me chateies o juízo, cala-te e esmiúça-mo!”.

Não sei não… se a moda pega isto ainda vai dar bronca da grossa… :P

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Dúvida do dia

"SE O CU É MAIS PEQUENO QUE A BOCA, PORQUE É QUE O SUPOSITÓRIO É MAIOR QUE O COMPRIMIDO?!"

Se alguém souber a explicação, por favor digam-me!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Inteligência

Já sabia que a inteligência andava a escassear nalguns sectores da sociedade, mas na 6ª Feira fiquei bastante desiludido por descobrir que também anda a escassear num sector onde ela é essencial à sobrevivência e continuidade do ramo de actividade... Refiro-me aos assaltos. Até à passada 6ª Feira considerava um assaltante como sendo alguém inteligente, dotado de uma capacidade de planificação e oportunismo ímpar mas enganei-me e explico porquê! Na 6ª assaltaram-me o carro à porta do Lidl - Covilhã, só lá tinha ido buscar uma pizza para o jantar, é de louvar a rapidez de actuação dos assaltantes, mas, não é tão louvável a sua inteligência! Amigos se querem assaltar carros não o façam à porta dos hipermercados pois o pessoal leva o dinheiro e os cartões com eles para pagarem a despesa!!! Ao menos podiam ter-me levado o autorádio, eu sei que não vale uma merda, mas ao menos assim eu podia dizer: "Assaltaram-me o carro e levaram-me o autorádio!" em vez de dizer tristemente: "Assaltaram-me o carro, revoltaram tudo lá dentro, não me levaram nada mas deram-me cabo da fechadura". É que se me levassem algo ao menos tinha a consolação de que alguém iria usufrir de algo que já fora meu... Acordem prá vida! Vou passar a colocar um papel no vidro com o seguinte texto: "Dentro do carro não tenho nada de valor, o autorádio só custou 50 € e passa o tempo a bater mal, por favor não me F%&#$% a fechadura do carro em vão, não vale a pena o risco. Obrigado e bom trabalho!"

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Culpado!

Hoje pensava nas coisas que me corriam menos bem, digo menos bem porque optimista como sou considero que nada corre mal, apenas menos bem, mas pensava nestes menos bem que me aconteceram no decorrer da vida e analisando também os menos bem de outras pessoas cheguei à conclusão que o culpado disto tudo é sempre o último!! Senão vejamos… Uma vez fiquei sem carta de condução, o culpado foi aquele último copo que bebi, esse é que deu cabo de mim! No outro dia tropecei no passeio, o culpado, para não variar, foi aquele último passo que dei! Um colega foi apanhado a trair a namorada, de quem foi a culpa? Não foi do meu colega, ele não tem culpa de ser homem, a culpa foi daquele último beijo!

Mas não condicionem a vida com receio do “último” porque eu tenho a solução para isso, e como bom amigo que sou, vou partilhar com vocês:

- Bebam mais um copo como se fosse o primeiro, sigam em frente e dêem cada passo como se fosse o primeiro e beijem sempre tão ardentemente como se fosse a primeira vez que beijam!

Isto é mais um devaneio da minha mente tresloucada, qualquer comparação com a realidade é pura estupidez, mas no fundo se encararem tudo na vida com a mesma tenacidade como se fosse a “primeira vez” de certeza que muitas merdas vão correr bem melhor…

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Revolta!

Hoje conversava com um colega e ele dizia-me que estava revoltado com o nosso País, revoltado com a sua politica, a sua justiça, o seu caminho... No decorrer da conversa transmiti-lhe um pensamento que tive momentaneamente "Nós nem nos podemos dar ao luxo de nos revoltar...", ele questionou-me porquê, ao que eu lhe argumentei que hoje em dia até a nossa revolta é instrumentalizada para atingir fins políticos. Pensei sobre o que lhe disse, pois várias vezes falo sem pensar e como tal é normal saírem as maiores parvoíces da minha boca, mas para variar até achei correcto este pensamento, e mais, até lhe achei uma boa solução para a “limpeza” politica… Vamos todos ser uns conformados, deixar de reclamar, de discutir, de criticar, assim a politica perde o seu alimento, os políticos serão obrigados a vir para a rua, averiguar-se “in loco” das situações, das dificuldades, enfim, da realidade e talvez nessa altura se tornem nuns bons políticos cujo o seu trabalho é gerir, dinamizar o País e melhorar a qualidade de vida das suas populações, talvez nessa altura esqueçam que são políticos e com alguma esperança se tornem seres humanos…

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Só porque me apetece!

Há algum tempo que saiu um clip de música na TV de um tal senhor intitulado TT e só porque me apetece e assim que vi o clip foi o que me veio à cabeça, vou oficialmente batizar esse senhor no R/c Esquerdo como o "Timberlake Tuga", se alguém já o tinha batizado as minhas desculpas!


Foi só mesmo porque me apeteceu...

sábado, 27 de junho de 2009

Obsessões

Estamos no auge daquela fase do ano em que todo o mundo anda em caminhadas para embelezar o corpo e cuidar da saúde. Não gosto de caminhar, se faço um esforço mensal para pagar o carro e alimentá-lo de combustível é para usufruir dele e não para andar a pé...


Para aquelas pessoas que estão constantemente a pressionar-me para fazer caminhadas, que dizem que faz bem à saúde, digo-lhes o seguinte que li algures:

"Se caminhar fizesse bem à saúde os carteiros eram imortais"

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Conselhos de Mãe

Durante o tempo em que vivi em casa dos meus Pais e sempre que ia sair a minha Mãe dizia-me com voz serena: “-Filho, toma juízo…”. Procurei sempre seguir os seus conselhos mas na maioria das vezes era em vão.

Agora passado alguns anos de loucura desmedida posso encher o peito e dizer: Mãe finalmente encontrei o juízo que tanto me aconselhavas e prometo tomá-lo sempre que possível! Aqui está ele:

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Lei da atracção

Quando se fala em lei da atracção a maioria das pessoas conota logo como sendo algo amoroso ou sexual. Infelizmente comigo não é isso que acontece, para mim a lei da atracção é sinónimo de comichão, babas, irritação, zumbidos. Está a chegar o verão e posso estar num grupo de 5, 50 ou 500 pessoas mas, tudo o que tenha asas e pique, seja mosquitos, melgas, moscas e afins é no meu corpo que atacam, é de mim que se alimentam, é o meu sangue que veneram. Há quem me diga (como se isso fosse um consolo) que é por ter o sangue “doce”… Pudera! Sou diabético! Mas isso leva-me a outra preocupação que ultimamente tem roubado o meu pensamento – A obesidade mórbida dos insectos. Cada vez há mais diabéticos no mundo e por causa disso as melgas e mosquitos alimentam-se cada vez mais de açúcares que circulam abundantemente no sangue dos diabéticos, deixo aqui um apelo ao governo para que tome alguma medida de modo a evitar que daqui a uns anos eu seja atacado por uma melga de 80 ou 90 quilos… Que medo!

Uma outra coisa que tenho andado à rasca para falar é das eleições europeias, vou falar agora porque como já acabaram não vou influenciar os milhares de votantes que lêem este blogue. Não foram os resultados, nem os partidos vencedores ou perdedores que me fazem perder tempo a escrever, o que me faz escrever é algo que me deixou sem palavras na primeira vez que vi. Este cartaz vai torturar-me até ao fim dos meus dias:



Quando o vi em grande plano e a alguma velocidade (foi à beira da estrada) julguei que era da “Linha Suicídio”, pois qualquer pessoa mais distraída que lê “Não desista somos todos precisos” e vê um número de telefone por baixo pensa logo: “O tuga deve andar mesmo desanimado, até já metem cartazes para a malta não se matar!” é que até a cor de fundo do cartaz é mórbida, dá uma vontade imediata de um gajo ingerir veneno ou dar um tiro nos miolos, os designers deste cartaz estão de parabéns, mais dia menos dia estão a contribuir para o engordar do desemprego em Portugal...

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Profissão

Ontem descobri uma nova profissão que quero abraçar e prestar toda a minha dedicação arduamente e sem contestações... Quero ser deputado! Mas não quero ser um deputado qualquer, não, não quero apresentar propostas para o País, nem quero ter qualquer tipo de intervenção politica, para isso há lá muitos que caritativamente o fazem (não estou a ser irónico, que estupidez passar isso pela cabeça de alguém), eu quero ser um verdadeiro deputado. Ontem estava com sono e não conseguia dormir, a melhor solução para estes casos é ver os (de)bates da Assembleia da República e foi aí que vi, invejei e depois desejei a profissão de deputado. Não, não quero ser um deputado qualquer, quero ser "O Deputado", quero ser aquele que nunca apresenta proposta, nunca discursa, nunca participa, mas, que está sempre ao lado do orador do seu partido e no final das frases grita com voz potente "Bem dito!", "Muito bem!", "Apoiado!", "Toma!" e bate palmas como se de um circo se tratasse... É esse deputado que eu quero ser, é a cadeira dele que eu almejo

quarta-feira, 6 de maio de 2009

quinta-feira, 30 de abril de 2009

O Boss é que sabe!

Anda na berra a música dos Xutos "Sr. Engenheiro", supostamente por as pessoas a associarem ao nosso 1º Engenheiro, está na moda falar mal do governo e como a Gaja costuma dizer "a moda é cíclica", daqui a quatro anos é mais do mesmo... Eu gosto muito de Xutos, sempre gostei e sempre hei-de gostar, é como o fado, entra-nos na alma e nunca mais sai. Mas para mim em questões de rima/musicalidade o Boss AC é que sabe, ele é mais abrangente e ao mesmo tempo mais directo, por isso deixo-vos aqui esta letra, pérola do seu último álbum "Preto no branco", quem quiser ouvir a música, já sabe, é ir comprar o álbum.
*
“A boca diz o que quer”
*
Eu oiço e ignoro, não ligo a intrigas
Eu vivo tranquilo nas calmas e sem brigas
Eu faço o que faço e eu só faço cantigas
Maldizentes são parasitas tipos lombrigas
A mim só me f**** amigas
E quem não vem em paz é mandado ás urtigas
Inventam boatos e rumores com tanta facilidade
De boca em boca á vontade até se tornar verdade
Espreitam atrás da porta como espreita a vizinha
Não me meto na vida de ninguém, para não se meterem na minha
Calúnias criam revoluções tipo Che Guevara
Sai tanto cócó dessas bocas deviam usar cuecas na cara
Hey yo,
A boca diz o que quer
Hey yo,
A boca abre e diz o que quer
Bocas falam á toa, bla, bla, bla
Abrem a boca e só se ouve, bla, bla, bla
Não tem mais nada para fazer então, bla, bla, bla
Inventam coisas para dizer tipo, bla, bla, bla
São sempre chibos e cuscas a pôr a boca no trombone
Bocas podres que se sente o mau hálito ao telefone
Bocas venenosas que abrem e cospem arsénico
Essa boca para ser cú, só falta papel higiénico
O povo adora fofocas, fofocas vendem jornais
Certas pessoas deviam algemar as cordas vocais
Quando se calam as bocas até parecem poetas
Espalham histórias secretas sem ter provas concretas
A sorte é, que a mentira corre menos que um coxo
Dar atenção ao que eles dizem é dar droga a um carocho
1 de Abril o ano todo para eles não há meio-termo
Tanta mentira ainda vos convidam para o governo
A boca, nem sempre sabe o diz
Cheira-vos mal por terem a boca tão perto do nariz
Aldrabam mais que o aldrabão do Pinóquio ao Gepeto
São apanhados e negam como o Michael nega ser preto
É tão certo como o Bill Clinton cometer adultério
Bocas que se abrem e depois cospem asneiras em stereo
Espalham veneno por aí, como se fossem vírus na net,
São mais falsos que os sorrisos falsos do jet-set
Para ouvir o som dessas bocas, prefiro ouvir flatulência
Bocas tão grandes que já deviam ter pedido independência
*
Parabéns Boss AC e restante equipa por este álbum, gostei muito!

sábado, 18 de abril de 2009

Consumíveis

Estava há poucos minutos a ver televisão e aparece uma publicidade a uma maionese que focava o seguinte ponto forte do seu produto:

“Feita com ovos de galinhas criadas ao ar livre”

Meditei bastante sobre isto, a minha maior preocupação quando vou comprar maionese é saber se os ovos que a compõem são de galinhas criadas ao ar livre, tal como quando vou comprar um creme preocupo-me se é feito à base de cimento ou se os óleos de fritar têm nutrientes para o cérebro que ajudam à memória…

É por estas e por outras que cada vez mais sou adepto da feijoada, essa sim é composta por ingredientes que ajudam o corpo! Se não acreditam em mim lembrem-se do prazer que dá uma boa feijoada, aquela sensação de barriga cheia após a refeição e depois as longas horas de flatulência que dão uma sensação de liberdade que nenhum ingrediente desses produtos publicitados consegue dar…

domingo, 5 de abril de 2009

Valeu a pena a espera!




Eram 22:10h e o meu estômago já reclamava por algo que enchesse o seu vazio ensurdecedor. Esticado no sofá e com a minha voz máscula e profunda grito para a Gaja do R/chão esquerdo que se encontrava na cozinha:
“-Tão o jantar!? Foste matar o porco ou foste à lota de Matosinhos comprar peixe?”. Porque um macho é um macho e quando se é um macho serrano há que acentuar a masculinidade com uma pitada de ironia!
Ela, apesar do ruído provocado pelos 1001 aparelhos que existem na cozinha, ouviu a minha questão angustiante e respondeu de uma forma bastante firme:
“Podes vir, o comer está na mesa!”
Quando entrei na cozinha achei estranho o seu ar jovial pois esperava uns berros bem agudos emanados pelas suas cordas vocais dizendo algo do género: “Deves pensar que eu sou tua criada! Para a próxima vens tu para a cozinha e eu fico esticadinha no sofá a ver televisão!”. Mas não, não foi isso que ouvi, fui recebido pelo seu semblante com um sorriso de orelha a orelha e os seus olhitos empurrando timidamente a minha atenção para a mesa da cozinha onde me brinda com isto:

A Gaja, como Gaja contemporânea que é, não é grande fã da cozinha, mas hoje surpreendeu-me com este prato digno da Nouvelle Cuisine, a espera valeu a pena!

Ps: Alguns aspectos deste relato são pura ficção, nomeadamente o eu estar esticado no sofá e a ideia machista que dou da minha pessoa. Já agora também os 1001 aparelhos da cozinha … Ah é verdade, o comer estava uma delícia e para minha absolvência tirei os cafés após o jantar e levantei a mesa. :P

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Verdades absolutas!

Como ando sem cabeçona para escrever hoje vou publicar duas coisinhas que recebi por e-mail do amigo Pedro Silva.

O BARULHO DA CARROÇA

Certa manhã, meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque.

Ele deteve-se numa clareira depois de um pequeno silêncio perguntou-me:
- Além do cantar dos pássaros, estás a ouvir mais alguma coisa?

Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:
- Estou a ouvir um barulho de carroça.

- Isso mesmo, disse meu pai, é uma carroça vazia ...

Perguntei ao meu pai:
- Como podes saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?

- Ora, respondeu meu pai. É muito fácil saber que uma carroça
está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça maior é o barulho que faz.

Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa a falar demais, gritando (no sentido de intimidar), tratando o próximo com grossura inoportuna, prepotente, interrompendo a conversa de toda a gente, e querendo demonstrar que é a dona da razão e da verdade absoluta, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo:
Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz...
*
*
Quando te tentarem violar grita naaaaaãoooo!!

video

terça-feira, 31 de março de 2009

Frase da semana

Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta...

Autor desconhecido

terça-feira, 17 de março de 2009

Notas para mais tarde recordar

São só merdas para o caso de um dia a Alzheimer me apanhar...

Nota 1:
A minha Avó é que tem razão quando diz que fica lixada de ver alguns reformados a falar mal do município mas quando este dá almoços ou jantares são os que estão na linha da frente para serem servidos. (Ó "vózinha" somos tugas... não há nada a fazer)

Nota 2:
Um dia fui a uma inauguração de uma piscina-praia aqui na minha cidade, havia comida e bebida de oferta à população. Vi tanta gente empurrar-se para encher os pratos de comida! Vi inclusivé pessoas com Tupparwares para levar comida para casa. Fiquei revoltado e saí dali, só me fez lembrar quando chegam ajudas humanitárias a países pobres, com a diferença que nesses locais empurram-se porque têm fome, por uma questão de sobrevivência, na minha cidade foi por uma questão de gula... (Não me envergonhem mais sff, lembrem-se na próxima vez que há comida para todos e o civismo por vezes alimenta mais que um naco de carne!)

Nota 3:
Andava esperançado que ia ganhar uma câmara de filmar no passatempo da McDonald's - o Monopólio Hi-Tech 2.0... Respondi acertadamente ás perguntas e fui suficientemente rápido, afinal não me saiu. Agora ando esperançado que me saia um leitor MP4 e uma Pen Disk, a Pen podem metê-la num sitio que eu cá sei mas não digo para não misturar alimentação com outras merdas. Até ao momento a única coisa que ganhei da McDonald's foi 3Kg a mais...

Nota 4:
Segundo o calendário Maia o mundo acaba em 2013, esta nota serve só para o caso de alguém ler isto em 2014 deve suicidar-se de imediato porque não é suposto cá andar.

Nota 5:
Li num site de venda de T-shirts (http://www.holeshirts.com/loja) as seguintes frases: "Uma hóstia por dia fortalece a homofobia"; "Lee mas gostei mais do filme"; "Contigo era até descobrir petróleo"; "Ando teso mas não é da crise"; "A minha outra t-shirt é Armani"; "Sou mais giro ás escuras". Achei engraçado, fica aqui o registo.

Nota 6:
Pelos vistos andam a nascer mais garotos que garotas, se o mundo não acabar em 2013, em 2025 a velha máxima "7 mulheres para cada homem" vai passar a ser "14 bolas prontas a rebentar para cada mulher" também desconfio que vai deixar de haver tanto consumo de hóstias nessa altura...

Nota 7:
No sábado estava a ajudar a Gaja nas lides da casa e cheguei à conclusão que não percebo as pessoas que gastam dinheiro em ginásios... É que fiquei com o corpo tão dorido de um dia inteiro de "ginástica" que achei que deveria abrir um negócio dedicado ao exercício fisico - Faço preços mais baratos que em qualquer ginásio, apareçam no R/chão Esquerdo aos sábados de manhã!

Nota 8:
Acabei de receber uma mensagem da TMN a aliciar-me para falar grátis para a rede por apenas 1€/dia, fazendo as contas por alto dá 30€/mês, ofereçam-me promoções como deve ser pois eu carrego o telemovel com 7,5 € de 3 em 3 meses. Serve isto também para lembrar aos meus amigos que se não lhes telefono não é por desprezo, mas sim porque nunca tenho saldo e detesto falar ao telefone, amigos que são amigos comunicam telepaticamente :P
Nota 9:
Agradecer à minha irmãnzinha o facto de me ter emprestado o computador dela.

Nota 10:
Agradecer ao Slayer o facto de me ter emprestado por algum tempo a PlayStation 2. Durante uma semana a minha vida sexual diminuiu drasticamente, aconselho a todos que queiram adquirir uma consola de jogos, ponderem bem os prós e contras. :)

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Crise (psicológica)

Já o disse para algumas pessoas e repito-o: - Para se acabar com a crise basta deixar de ver os noticiários na televisão e ler jornais durante 2 ou 3 meses.


Estamos em crise! É verdade?
Não sei do que estão a falar!
Talvez seja só uma realidade,
Para os bolsos de alguns engordar

Administradores, bancos, políticos
Eu só os vejo sempre a depenar
Cá para mim são todos uns líricos
Sabem é fazer prosas de encantar

E a TV pois então, o que vende?
Desgraça, morte, o País a arruinar
E o povinho que disto entende?
- Estamos tramados! Onde vamos parar!!?

Andamos assim meio desorientados
Vendo o €urito do bolso a evaporar
Enquanto outros andam obcecados
Em o ver nas contas a multiplicar

Não se abatam! São só trocados!
Os bolsos dos outros estão quase a atestar
Enquanto isso vivam despreocupados
Que a crise, tal como a vida, há-de acabar!

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Domingo de manhã

Vai longe o tempo em que passava os domingos a dormir, vai longe o tempo em que no meu dicionário domingo significava ressaca descomunal, ainda mais longe, vai o tempo em que valia a pena passar a noite numa discoteca só para ouvir perto do seu encerramento "a hora do rock", mas não é de tempo passado que quero falar, não se deve perder tempo a falar no passado pois mudam-se os tempos, mudam-se as vontades.
Hoje acordei ás 8:20 da matina, com uma fome do caraças e já não consegui voltar para a cama. Andei ás voltas pela casa, desesperado por encontrar algo interessante para fazer, procurei electrodomésticos avariados, candeeiros com mau contacto, portas a necessitar de uma afinação e nada! Nada de interessante para fazer em casa! Deixei a Gaja no seu soninho dos deuses e decidi ir lavar o carro pois o sol apelava a uma actividade na rua.
Cheguei à zona de lavagens auto do Intermarchet (se não é assim que se escreve as minhas desculpas) e nem viva alma se via, nem sequer os bezanos perdidos pela cidade procurando desesperadamente esconder-se do sol e encontrar um cantinho para o Gregório se instalar. Abri as portas do carro para começar a aspiração, que no meu caso significava tirar uns 50 quilos de peso do carro, e ao meu lado estaciona um Sr. que rapidamente abre as portas do seu carro e coloca em alto som o seu "Best Of Pimba" silenciando o cantar dos passarinhos nesta calma e bela manhã de domingo.
Sou adepto fervoroso da liberdade, mas, que mal é que eu fiz para levar com isto logo de manhã! Ainda estive para colocar o último album de AC/DC no meu auto-rádio mas achei que a mistura sonora vinda de ambas as viaturas iria fazer um remix muito mau, só comparável a um albúm que ouvi recentemente de músicas portuguesas em ritmo Kizomba...
Dei o título "Domingo de manhã" porque agora vou almoçar a casa da minha sogra, e, pela maneira que começou o dia talvez lá mais para a tarde escreva outro post com o título "Domingo de tarde" e quiçá de noite também! lol
Bom fim-de-semana

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Dou por mim...

... a fechar à noite a porta de casa a sete chaves antes de me ir deitar. A vaga de assaltos que ultimamente assola a nossa zona anda a crescer a um ritmo alucinante, acho até que ser-se assaltante é uma profissão emergente que garante um futuro promissor, ou se enriquece nos assaltos ou se assegura uma estadia com alimentação incluída, é garantido! Mas este meu impulso de trancar a porta antes de me deitar não se prende muito com o que possam roubar do R/chão pois não há por aqui objectos de grande valor, talvez um micro-ondas da Worten, ou um computador de mil novecentos e pico... O meu medo real é roubarem-me o sono, isso sim, é algo para mim valioso que não troco por dinheiro nenhum. Nem quero imaginar como seria doloroso para mim acordar ás três ou quatro da manhã com ruídos estranhos em casa, e, como macho latino que sou, parecia mal dizer à Gaja: "Mulher vai lá ver quem anda a roubar". Porque é que não assaltam durante o dia, assim não incomodam as pessoas no seu rico descanso e se calharem com um bom anfitrião pode ser que até faça uma visita guiada pelas várias divisões da casa!

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Frase do Dia by Risinhos

"Se te derem um pontapé no cu, não te preocupes, é sinal que vais à frente..."
-
Ao que eu acrescento: - Se te derem um pontapé nos tomates, vira-te! Pois vais em sentido contrário... lol

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Frase do Dia - Recebida por mail

"Devido ás quebras de bancos, queda nas bolsas, cortes no orçamento,crise nos combustveis e pelo racionamento mundial de energia,informamos que a famosa "luz no final do túnel" está temporariamente desligada"
Obrigado priminha Risinhos ;)*

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Devaneio...

O que olho, não é o que vejo
O que vejo, não é o que sinto
O que sinto, não é o ensejo
O ensejo, não é sucinto
O que não quero, é possível
O que não é possível, é realidade
O que não é realidade, é verosímil
O que não é verosímil, é verdade
Tenho um pensamento, é falso?
Tenho uma vontade, é ansiedade?
Tenho uma vida, é percalço?
Tenho uma alegria, é ingenuidade?
Quero um beijo, que atrevimento!
Quero boa vida, que ambiguidade!
Quero um País, que descomedimento!
Quero vê-los curtir, que promiscuidade!

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Pensamento...

Como dizem que este ano vai ser difícil e o dinheiro vai escassear talvez seja altura para reflectir sobre o que é realmente importante na vida, deixo-vos aqui este pensamento que alguém teve e felicito por isso:
"Mais preocupante que não ter nada que vestir, é não termos ninguém para despir"